Príncipe da Pérsia – As areias do tempo (2010)

“Difficult, not impossible.”

Ok, vamos combinar uma coisa inicial: se o filme é com Ben Kingsley, então ele é foda. Bom, nem sempre…

Mas, vamos seguir a regra lógica de uma resenha…

Sim, há umas viagens do príncipe Dastan (Jake Gyllenhaal – Meu Donnie Darko always ♥) fazendo piruetas, o que achei válido e que tornou o filme mais bacana ainda, trazendo uma referência forte do game, o que o espectador/jogador nota logo no comecinho. Você já dá aquele “Ohhhh!”, chega até a ser nostálgico.

Tá, a história do filme não é nada que você diz “puxa que coisa mais original!”, mesmo assim, ele corresponde bem ao seu estilo, traz muita aventura e ação (uma guerra logo no começo, demais!) e apesar do final ser de certo ponto algo previsível, ele não deixa de ter seu ar de final interessante.

Toda a trama gira em torno de uma adaguinha mágica que carrega as areias do tempo, e que é preciso que seja protegida de mãos erradas, se não o mundo todo cairá em ruínas (já vi esse filme antes…). Nem por isso eu tiro uma estrelinha do filme. É necessário considerar sua origem, bem como  sua missão bem executada, de mesclar todos os elementos de uma boa e bem feita aventura. Aliás, eu já fiquei satisfeita, do fato que por Dastan ser um filho adotado e bem aceito e respeitado pelos irmãos que não são de sangue, ele já quebrou uma boa padronagem chatíssima de filmes assim (sabe, o pobrezinho adotado que sempre se ferra e os irmãos desprezam? pois é.).

Os efeitos são fabulosos, dando destaque pra cena da areia, onde Dastan sai dando uma surfada boa…

O diretor, Mike Newell, é o mesmo que fez Harry Potter e o Cálice de Fogo, e mais recentemente O amor nos tempos da Cólera. No fim, ele mostra que manda bem pra filmes no estilo de Prince of Persia (tenho dificuldades sólidas de falar o título em português, graças as fortes referências “nintendísticas”), e ele conseguiu fazer um filme originado dos games uma idéia boa, e não uma idéia infeliz como tem em muittoooos filmes provenientes da décima arte. Aliás, as referêcias visuais são contrastantes, principalmente no figurino.

Não conhecia a atriz Gemma Arterton (que interpreta a princesa Tamina) mas, ela também representa bem o papel. Quanto ao Ben Kingsley… melhor não comentar, evitando assim spoilers inconvenientes… limito-me a dizer que ele é uma das maiores facetas cinematográficas que a atualidade possui. Já Jake Gyllenhaal está insuperável no papel do príncipe, ele combinou perfeitamente com o personagem, com um sorrisinho cínico característico.

Não há nenhum momento do filme que fica enfadonho ou parado demais. Toda a trama te prende de uma forma inperceptível, traz um roteiro simples, numa ficção interessante, toques cômicos (como toda aventura) ainda mais acentuados com a presença de Alfred Molina (óia só, quanto tempo!) .

E no fim, ainda tem a belíssima  “I Remain”  da Alanis Morissette, feita especialmente para o filme (incontestável até se não fosse).

De fato, não é um filme que você desce os degraus do cinema, amassando o pacote de pipoca com uma frustração notável.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Príncipe da Pérsia – As areias do tempo (2010)

  1. Sou supeito pra falar…joguei a trilogia da saga das areias do tempo…e ao contrario de todos que gostam do estilo do jogo..eu prefiro Prince of persia do que god of war…que com certeza tbm terá seu longa lançado em breve….geralmente, filmes tirados dos games deixam sempre a desejar, vc está fazendo uma propgando muito boa desse…confio no seu bom gosto..mas vc nao jogou neh.rs…pra quem jogou nao deve ser tao bom assim..mas claro que nao deixarei de ver esse filme….soh quero saber se tem o Dahaka…eu tinha um medo tao grande dessa cara q meu coração acelerava …rs

    bjus nat

  2. Só vi o trailer, uma pena que ainda não pude assitir =[, mas depois dessa descrição positiva ele ta no topo da lista de filmes que preciso ver no cinema :D

  3. Ainda não vi esse… mas você foi uma das poucas pessoas que fizeram uma resenha positiva dele, deu até mais vontade de assistir.

    Como não podia deixar de comentar, adorei o comentário da Alanis claaaro XD

    E adorei tb a tag “piruetas” haha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s