Top 10 Traumas infantis da Geração Y

Vamos estabelecer uma coisa inicial: Sou uma tanga frouxa de mão cheia pra filmes de terror. Contudo essa lista não diz respeito ao o que é amedrontador hoje, e sim o que deu medo quando você ainda fazia xixi na cama, ok? Afinal convenhamos, tem muito terror digníssimo por aí (citemos por ora, O Iluminado).

Enfim, sabe aqueles filmes que você passou a noite em claro chorando e enchendo o saco da sua mãe, porque não conseguia fechar os olhos sem ver o Bicho Papão? Aqueles filmes que pareciam tão horripilantes quando se tinha 8 – 10 anos, e tão toscos e até nostálgicos quando se assiste agora…?

Claro que está faltando diversos outros nesta lista. Mas, a idéia aqui foi estabelecer os 10 filmes (alguns ridículos e outros muito bons) dos quais traumatizou muitas noites de infância. Varia de pessoa pra pessoa, mas eu acho que dos meus 10, deve haver pelo menos um que aplica pra você também não?

Então vamos lá!

10º – Halloween – A Noite do Terror (1978) – Dir. John Carpenter


“You haven’t anything to worry about. He hasn’t spoken a word in 15 years.”

Tenho um vínculo afetivo esquisito com Michael Myers… Ele me deu muito medo no passado com suas 38579256 voltas da morte e tals… Mas, eu tenho dó do cara.

Um dos clássicos do estilo Slash, faz tanto tempo que assisti as sequencias que já nem lembro com exatidão a linearidade das histórias. O que sei, é que apesar do carisma sinistro de Michael Myers, eu passei muitas noites em claro, ao lembrar dos passos devagar, e de seu pescoço se movendo lentamente para os lados até olhar o alvo.

Um filme independente de baixo custo (os atores filmavam com suas próprias roupas e a máscara de M.Myers foi comprada numa lojinha a la 1,99R$), que marcou a geração Y e tornou-se um clássico respeitado! Muito bom!

09º – A Hora do Pesadelo (1984) – Dir. Wes Craven

“Come to Freddy…”

Taí um filme que depois de 25 anos, eu lembro da história e concluo: Que sinopse legal! Não sei se muitas vezes esse vislumbre todo tem relação direta com lembranças do passado, ou se realmente o roteiro soa tão “bem feito” aplicado a atualidade. Só sei que curto muito esse lance de sonhos ou mundos paralelos (Como em Hellraiser, que não coloquei na lista, porque adorava o cidadão dos pregos!). E se fiquei com trauma de Freddy Kruger, foi porque ele era feio demais, não fazia as unhas, e ainda por cima meu pai tinha uma camisa IGUAL que eu tinha vontade de queimar quando via no cesto de roupa suja.

08º – Gremlins (1984) – Dir. Joe Dante

“Uh oh…”

Hey, não me critiquem por sentir medo dos Gremlins! Podem parecer carismáticos agora, (quase umas criancinhas arteiras – endiabradas e elétricas) mas eu tinha 5 anos quando passou na TV e eu achava aquelas criaturas feiosas, desgranhentas e amedrontadoras.

Alias, fiquei um tempinho com o intestino preso com medo de ir no banheiro e pular um Gremlin do vaso pra morder meu pequeno glúteo! Sem mais…

07º – A Coisa (1985) – Dir. Larry Cohen

“Are you eating it or is it eating you?”

Tosco também. Tosco Mor eu diria. Mas o SBT amava passar essa bosta de filme no final da tarde, e toda vez eu assistia, porque acabava o Chaves e eu queria imendar um cine pipoca!

O trauma desse aí é que demorei pra voltar a comer Yogurte natural. Aquela coisa branca, naquele potinho parecia que iria pular no meu rosto ou mesmo revirar meu estomago até a morte. Hoje, eu vejo suas cenas, leio a sinopse e sinto tanta vergonha de mim, que eu precisava expor como sendo um trauma infantil que eu superei (sim, apenas os palhaços venceram o tempo!).

06º – Feliz Aniversário Para Mim (1981) – Dir. J. Lee Thompson

Six of the most bizarre murders you will ever see!”

É só um slogan. Não é tão chocante assim… Mas este filme marcou a geração na minha opinião. Claro que o filme é idiota. E claro que tem uma história totalmente vazia. É bem verdade inclusive que seu poster do churrasquinho é a coisa mais ridícula que se vê em um poster de filme de terror (mesmo um Slash, que seja). De qualquer forma, é responsável por uma das cenas mais inesquecíveis do Slash movie!  A garota que completava 18 aninhos (uma fofura de boa moça!)  faz sua singela mesinha de comemoração com os cadáveres putrefados dos jovens que matou, sentadinhos em volta da mesa de aniversário. Quem viu não esquece. Fato…

05º – O Brinquedo Assassino (1988) – Dir. Tom Holland

“We’re friends ‘til the end, remember?”

Well well well… se não é o Sr. Charles Lee Ray, o camarada que todos conhecem como Chucky, e usava roupas do Fofão! É claro que o filme sempre foi tosco e as continuações e adaptações (filho, noiva, amante e Hamster de Chucky) são mais comédias do que qualquer outra coisa. Todavia, todos meus bonecos sofreram sem piedade (inclusive aquelas bonecas que fechavam os olhos quando deitavam) após eu ter assistido este filme…

04º – Poltergeist (1982) – Dir. Tobe Hooper

“They’re here…”

Pelas mãozinhas de Spielberg, Poltergeist é lançado, sob direção de Tobe Hooper e estrelando a loirinha-mais-medonha-que-Samara, Heather O’Rourke. Alias, a menina morreu aos 12 anos, pouquíssimo tempo depois de terem filmado o terceiro filme. Pra mim essa relação é pra dar aquele clima de contos sobrenaturais, mas enfim… mais do que a cena da menina falando com a TV, essa historia real da morte da menina ter relação com o filme soa tão assustador que já basta.

03º – Sexta – feira 13 (1980) – Dir. Sean S. Cunningham

“They were warned. They were doomed. And on friday the 13th, nothing will save them”

Assim como Michael Myers, Jason Voorhees é um dos serial Killers mais famosos da história cinematográfica dos Slashes. A mascara com furos, a serra elétrica são os detalhes que mais marcou pra mim, e eu já nem sei com exatidão a historia toda (foram mais de 9 filmes). Jason nunca morre, e haja criatividade pra dar sentido às continuações (sentido, aonde?).

Mas dava medo, afinal, nunca tinha visto antes alguém arrancar os olhos de uma pessoa só apertando a cabeça…

02º – Palhaços Assassinos do Espaço Sideral (1988) – Dir. Stephen Chiodo

“Nobody’s gonna put me in a balloon again!”

Nota 1 – Acho ridículo qualquer coisa que tenha a junção “Espaço sideral” no meio.

Malditos palhaços ! Esse é o cúmulo da tosquice… São uma espécie de palhaços de outro planeta em que a nave é em forma de circo e aterroriza a cidade, atirando pipocas e pondo pessoas em algodão doce para sugar o sangue! Mas, é claro que eu tenho medo dessa tranquera. E na época eu não comia algodão doce de tanto nojo que sentia. Alias, antes de começar a assistir a Fórmula indy, eu odiava a Band que era a responsável por passar quase todos os filmes de terror que eu odiava e arrancava meu sono…

01º – A Colheita Maldita (1984) – Dir. Fritz Kiersch

“Malachai! He wants you too, Malachai. He wants you too!”

Meu irmão adorava esse filme. E a idiota aqui, sentava ao lado dele pra fazer companhia e assistir o menino Isaac (“Isaac moleque doido!!!” – piada interna) monopolisando geral, e causando má (e bota má nisso) influencia para as criancinhas do vilarejo.

Os cultos das crianças, adubando a terra com sangue, todas organizadinhas pra matança, crucificando adultos  e tocando o terror na cidade é pra mim uma das histórias mais demoníacas já criadas. A história também é do fodástico Stephen King e apesar do próprio escritor assumir que não gostou muito do filme (sendo considerado uma das piores representações de suas histórias no cinema), eu não considero nada fraco nem mesmo hoje em dia, mais velhinha e bem crescida…

Anúncios

11 pensamentos sobre “Top 10 Traumas infantis da Geração Y

  1. sim… era p eu comentar sobre o post mas com essas palavras do menino higa não consigo fazer outra coisa a não ser rir.
    O cara mais fofo do mundo é também o mais engraçado… passo mal hahahahahahh

  2. Sensacional essas resenhas, muito bom Nati!

    Enfim, tenho medo de todos os filmes (até hoje, quem me conhece sabe que sou cagão), mas um em especial: Sexta – feira 13.

    Maluco, esse filme foi um inferno na minha infância, eu tinha muito medo desse assassino com máscara de hockey, e pra completar a obra, minha prima mais velha foi dormir la em casa (eu tinha uns 10 anos e ela uns 14… eu nem pensava em sexo naquele tempo… ou pensava, seila, não é assunto pra agora, hahaha), e esse maldito filme resolveu passar na tv de madruga, e a infeliz me obrigou a ver com ela… nossa, vi aos prantos e não consigui dormir, e por sinal ainda fui enxer o saco dos meus pais pra dormir com eles.

    Outro que não esta na lista que pra mim é o mais foda de todos (em relação a medo, claro) é EXORCISTA… seila, esse eu n vejo nunca mais. medooo

    Faltou também o “Cemitério Maldito 1 e 2”

    Bom é isso, beijos e abraços do Menino Higa.

  3. Gente, eu morria de medo de filme de terror. Uma vez vi um filme com múmias toscas e tive pesadelos por dias…

    Outro dia fui ver Palhaços Assassinos… KKKKKKKK
    Ri horrores! É tão super trash!!!

    Outros filmes (novos) e mega porcos que assisti, que vale a pena ver pelas risadas e pela falta de noção são:
    Teeth e A centopéia humana. Tosqueira absoluta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s