A Saga Crepúsculo: Eclipse (2010)

“Bella, would you please stop trying to take your clothes off?”

O que deve se considerar em um filme que foi adaptado de um livro? Damos uma nota boa ou ruim baseado somente no grau de fidelidade da obra literária, e nas aplicações técnicas cinematográficas? Quando dizemos que a história é uma porcaria ou não, não estaríamos criticando tão somente o livro e a história em si, fugindo assim do objetivo de opinar sobre o filme? Questões como essas me deixaram meio pensativa em falar sobre ‘Eclipse’. Afinal, eu adoro falar de filmes oriundos de livros, mas no caso da saga de Crepúsculo tudo parece muito mais polêmico.

Fato é que se não fosse uma febre adolescente que irrita muitas pessoas, seria possível assistir toda a saga sem nenhum preconceito. E concluir somente que é um filminho fraco, num livro gostoso de ler, mas igualmente fraco, e pronto… ficaria por isso mesmo. Contudo, você ouve certos extremismos de AMO e ODEIO, porque com todo esse mainstream ao redor da saga, não existe meio termo… Bom, existe eu…

Mas, vamos nos focar em Eclipse e somente nele:

David Slade, você é um gênio. Porque conseguiu criar o melhor filme da saga até então, porque fez uma das melhores adaptações que já vi a partir de um livro, expondo praticamente todo o conteúdo do livro (até as narrativas) de um jeito exemplar. Você é um gênio porque soube usar as variáveis que tinha a seu alcance (e milagre com a história, convenhamos, não dá pra fazer…).

Então, esclarecemos aqui que não são os três atores que são uns fiascos… São os próprios personagens que Meyer criou… Bella é uma meretriz chata que não se satisfaz com nada, Jacob é aquele panaca mesmo, e Edward só tem aquela cara de infeliz sofredor. Bom, ouso dizer que Kristen Stweart é perfeita pro papel, porque a própria atriz é uma mal comida chatonilda…

A trilha sonora, bem como a fotografia num ar gélido durante a maior parte do filme, foi muito bem feita, de fato. Para apreciadores de cinema, Eclipse tem recursos admiráveis. Falar da história, ou do roteiro é talvez falho, considerando que vamos nos adentrar no livro em si. Pois Eclipse (o filme) é e transmite exatamente igual o que o livro exprime. Apesar de ter visto em alguns lugares que o filme não transmite os mesmos sentimentos que o livro, isto não é erro do diretor ou de ninguém, a culpa é de quem não consegue perceber que nossa percepção varia conforme as plataformas midiáticas. Por essas razões, dei a nota que dei: o filme é bom sim, mas como tudo depende da história, é passível de gerar diversos gostos.

Agora, considerando estes aspectos, existe uma coisa muito tosca no filme que David Slade não se esforçou: As cenas de suspense (absolutamente todas) são demasiadamente ridículas. Sim, ridículas. Bem como as cenas de violência onde não exprime violência (imaginei Tarantino dirigindo Eclipse, já imaginou que curioso?), dos quais os vampiros são de vidros e se quebram quando um mata o outro. Não rola nenhum sanguinho (me fez lembrar de “True Blood” e suspirar).

Em especial, a cena onde o recém-criado dá um apavoro em Charlie dormindo… É ridículo porque a música que toca no fundo é muito forçada, numa nota aguda estridente em ascensão quando você sabe que o final dela (clichê de muitos filmes) é que nada vai acontecer na cena. Só que no caso de Eclipse, desde que a nota começa a soar, você já sabe que não vai rolar nada… Meio depressivo não?

Em resumo galera, vá ao cinema assistir Eclipse, ainda mais agora que só as pessoas mais velhas sem histerismos estão indo. É um bom entretenimento, e em alguns casos, você vai rir muito como na cena do quarto de Edward (em que Bella e ele fica numa frescurite de sexo sem ter) com algumas pessoas da sala de cinema murmurando um “boiola”.

Não vá achando que você ficará extasiado com a história caso você ainda não conheça. Pois nisso o livro consegue um pouquinho melhor.

Anúncios

6 pensamentos sobre “A Saga Crepúsculo: Eclipse (2010)

  1. É verdade. Se não houvesse toda essa febre não haveria tanto preconceito da parte de quem assiste.

    Eu prefiro nem comentar sobre os livros quando é uma adaptação, mas acho que em casos como esse é difícil evitar algum comentário.

    Eu vi o primeiro filme e não achei tão ruim, mas não tive coragem de ler o livro, apesar de me consider um leitor voraz.

    Como você falou, existem algumas coisas decentes em termos de direção, mas a história e os personagens são um pé no saco.

    Abraços!

  2. Boa resenha. Conseguiu fazer uma crítica, na minha opinião, correta sem ferir o livro. Mas apesar de tudo achei o filme muito legal! Vamos esperar ansiosamente pelo Amanhecer!!!
    Beijo.

  3. Quando certos modismos ficam muito intensos, o ideal é esperar o tempo passar e ver tudo depois que a euforia se foi. É o que costumo fazer, Nanah, inclusive neste caso aqui dos filmes e livros sobre os vampiros “modernos”, hehehe!
    Bjoo!!

  4. Eu na verdade já li os quadro livros e assisti Crepúsculo e Lua Nova… por causa das fãs enlouquecidas e um tanto fora no normal, não fui ainda assistir Eclipse. Eu não vou dizer que gosto, nem que odeio. Mas realmente enche o saco a melação em torno da Bella e Edward..infelizmente a história gira em torno disso, mas eu gosto mesmo da rivalidade entre os clãs, das disputas…pena que o Filme (acho que nem o livro mesmo) dá uma atenção pra isso.. Fica tudo muito preso de “mundinho Edward” que enche saco! Se pelo menos algum dos Cullen fosse destruído pra história ficar no mínimo mais interessante, ajudaria! Enfim, a Bella realmente não fede nem cheira (nada muito diferente do Edward), mas ainda assisto na esperança dos Volturi “sacudi” um pouco essa história…rsrsrsrs (mesmo já sabendo o final… =/…)

    Beijoos!

    • Ontem fui ver o filme e … desisti!
      Uma fila enorme repleta de entusiastas que com certeza iriam atrapalhar a exibição.

      Eu já li os livros e também já conferi os filmes disponíveis. Nada soberbo, apenas um entretenimento leve bem distante da profundidade que um filme devidamente superior é capaz de oferecer. Ainda assim, admito estar ansiosa para conferir a mais nova adaptação. Até !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s