Como treinar o seu Dragão (2010)

“You just gestured to all of me.”

Como treinar o seu dragão de fato não traz um roteiro totalmente inovador. Contudo, sua estética chama a atenção fazendo ser diferenciado não só pelo estilo, mas como pela sensibilidade que a história traz, seja com sua dramatização, como também seus pontos carismáticos. É o tipo de animação que você não chora de rir, mas se encanta do começo ao fim. E nós temos pontos positivos para uma animação assim. Afinal, faça uma animação para as pessoas morrerem de rir, que a Dreamworks se encarrega de lançar mais quatro pra puxar bilheterias e serem umas verdadeiras MIERDAS. Agora, voltando a classe, Como treinar seu dragão, graças aos seus diretores, não pede continuações forçadas.

Soluço é o filho do Viking mais Mega Viking da cidadezinha que eles vivem. Com vários outros vikings que arrotam cevada e frango, andam com machados e aqueles chapéus maraaaaa de pesados. Contudo, Soluço causa certas vergonhas alheias pelo fato de não possuir a mesma aptidão do pai, de matar dragões. Sim, os dragões sáo os inimigos da vez, que ïnvadem”a aldeia, roubando ovelhas e tocando o terror. E em todas as tentativas de Soluço para conseguir capturar a cabeça de um dragão não dão certo…

Foi numa bela noite, o garoto acerta em um, que depois descobre ser o de um Furia da Noite. O dragão mais temido que nunca jamais neverrr foi capturado por nenhum Viking. Seria a hora de glória do menino magricela sem “amplitudes vikinguianas”

Mas aí, o menino não tem coragem de deferir o golpe no dragãozinho bonitinho e vira amigo do dragão. Mais tarde, apelidado carinhosamento por Banguela.

Só que nessas, Soluço ja estava fazendo aulas de como ser um Viking, e precisava provar para todos que os dragões não sáo criaturas ruins como os vikings pensavam. Rola um conflito psicológico no menino, carregado de muita aventura e momentos de suspiros pra quem assiste. Enfim, uma animação digna que há muito não via sair dos estudios da Dreamworks. Seu final é tocante, possuindo uma mensagem tão bonita que como afirma Marcelo Forlani do Ometele, traz até características ˜pixarianas”…

Super recomendo!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Como treinar o seu Dragão (2010)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s