O Vencedor (2010)

“Yeah, sure I do. You were the pride of Lowell. You were my hero, Dicky.”

O Boxe é sempre um pano de fundo quando filmes que retratam disto são lançados. Nunca dizem “é um filme sobre boxe”. É sempre sobre a luta pela vida (Menina de Ouro), a esperança e fé em si mesmo, bla bla bla. Com O Vencedor, novamente não é um filme sobre boxe. É sobre a família e o quanto ela consegue ser inconveniente ou conveniente as vezes.

Micky Ward (Mark Wahlberg) é um lutador de boxe que prentedia conquistar grandes lutas pela frente. Seu treinador era o irmão, ex-boxeador Dicky Eklund (Christian Bale) que se tornou famoso após derrotar outro boxeador anos atrás. Sua empresária era a mãe Alice (Melissa Leo), meio destrambelhada que fuma mais do que a Catifunda. Micky ainda tinha uma família gigantesca, cheio de irmãs e altos e baixos.

Mas, Micky sempre se lascava quando dava ouvidos à família.  Dicky sepre chegava atrasado nos treinos, isso quando não se esquecia completamente, devido ao vício com o crack também. Eis então que surge Charlene (Amy Adams) que começa a se relacionar com Micky e acha um absurdo Micky depender da mãe e irmão e quase sempre levar o troféu de fracassado.

A partir daí rola as desavenças familiares, a raiva por Charlene, e Micky no meio do fogo cruzado. Wahlberg está mega xoxo em sua atuação. Fato que não dá para apontarmos se é por conta de seu próprio personagem ou do contraste gritante com Christian Bale, que rouba a cena de uma forma natural. Não dá para negarmos o merecimento do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

Outra marromeno é Melissa Leo. Agora entendo o Auê todo quando ganhou o Oscar. Nem ela acreditaria que ganharia um prêmio. Não chega a ser ruim, mas não há tamanho destaque capaz de fazê-la ganhar de outras feras indicadas. Amy Adams brilha muito mais como Charlene.

O filme não emociona e peca no exagero de tentar fazer rir. Em algumas partes, faz uma graça até, seja pelas alfinetadas da família, ou pelo próprio Dicky. O que fica no final é uma linda história em família que por pior que tenham passado, o carinho (principalmente entre os irmãos) superou tudo. Final previsível, que também não faria sentido se fosse diferente, O Vencedor mais uma vez não é sobre um filme de Boxe. Mas, ele tá lá o tempo todo.

Anúncios

11 pensamentos sobre “O Vencedor (2010)

  1. Pingback: Top 10 – Personagens de 2011 « La Matinée!

  2. Acho o filme satisfatório, mais pelas densas atuações, principalmente de Bale que é a pérola do filme, convenhamos. Melissa Leo está excelente, mas não desmereço Amy Adams e, sinceramente, quem merecia o prêmio de Atriz coadjuvante foi Hailee Steinfeld por ‘Bravura Indômita’, viu.

    Mas, só pela cena do “I started a joke”, entendemos o porquê de Bale e Leo levarem todos os prêmios, até agora.

    Só me incomodou um pouco o tom cômico e esteriotipado das irmãs de Bale e Wahlberg no filme. Ficou muito “familia dó ré mi trash”.

    No geral, um filme normal, vale pelo elenco mesmo!

    Abraço!

  3. Concordo que tem seus problemas, mas até que me emocionou. Mas, assim embaixo do que fala de Melissa Leo, não vejo por que ela mereça o prêmio, caricata e exagerada. Amy Adams está bem melhor. Mas, Bale é quem rouba mesmo o filme.

    bjs

  4. Concordamos em vários em pontos. Para mim nem Melissa Leo nem Christian Bale merecem consideração. Eles parecem se colocar como atores à frente de seus personagens (que além de tudo são caricatos por natureza), o que contrasta com a atuação maravilhosa de Amy Adams (de longe a melhor coisa do filme) e construção contida de Wahlberg (adequada ao papel, mas também subjugada aos excessos das outras performances). Uma direção sem inspiração e roteiro tolíssimo e novelesco, mas ainda assim o (pouco) que há de convincente aí faz dele um bom filme. Mas nunca mais que isso. Sete indicações ao Oscar? Uma piada de muito mau gosto (só Adams merecia).

    • Sim, sete indicações pro Oscar foi meio Over né? Mas, nao tiro os méritos de Bale pela atuação. Acredito que ele se superou e convenceu mto bem no papel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s