Super 8 (2011)

“Production Value!”

J. J. Abrams adora mistérios, com personagens (sólidos ou gasosos) que façam barulhinhos esquisitos. Já Steven Spielberg por sua vez, adora juntar crianças com aliens, e um clima de aventura que anos depois acaba virando um clássico da Sessão da Tarde.

Joe Lamb (Joel Courtney) acaba de perder sua mãe em um acidente na fábrica onde ela trabalhava. Ficando apenas com seu pai, policial (Kyle Chandler) que não dava tanta atenção para ele, Joe tem a companhia de seus amigos, que possuem esteriótipos já conhecidos pelos demais filmes produzidos por Spielberg. A história se passa em 79, o que dá todo sentido para o nome do filme, uma vez que Charles (o gordinho da turma) tem uma Super 8 e junto com seus amigos, planejam produzir um filme amador sobre zumbis.

Eis que numa das noites, em que resolvem gravar, ocorre um acidente (responsável pela melhor cena do filme) com um trem, e os meninos sem querer presenciam o ocorrido. Pronto. O mistério foi posto, e desvendá-lo é mergulhar numa aventura com coisas estranhas acontecendo (cachorros desaparecendo, eletrodomésticos sumindo…) e obviamente, com os jovens envolvidos, tentando desvendar.

Pouco foi divulgado sobre a história e roteiro desse filme, mas o fato é que ao assistir, você consegue identificar de maneira visível os elementos de Abrams e de Spielberg, juntos. Aliás, Super 8 tem muito dos filmes antigos de Spielberg com jovens + aventuras, como o próprio ET ou Os Goonies.

Entretanto, além da ficção científica, altas doses de comédias estão durante o filme todo, principalmente por parte dos jovens com diálogos cômicos, conforme os meninos entram em apuros. Também muito característico do produtor, mas de nenhuma forma forçado, mesmo com frases que soam teatrais demais (o típico “não entrem em pânico” e logo todo mundo sai gritando), os jovens personagens permitem isso sem parecer artificial, dando um ar quase nostálgico, mesmo que incomum, visto que é um filme novo, mas que parece ter saído lá dos anos 80. É estranho ver um grupo de meninos se divertindo com uma Super 8 (a filmadora da Kodak, que permitiu muitos jovens brincarem de cineastas numa época do qual não sonhavam ter o mesmo acesso a essas coisas como temos hoje em dia).

Mas ao mesmo tempo que temos a aventura dos meninos, por vezes soando ingênua, temos a amplitude de um monstro enigmático, a Força Aérea no meio de uma cidadezinha pequena, e mortes acontecendo.

Devo destacar também a atuação de Elle Fanning (irmã de Dakota), interpretando Alice, a única garota do grupo, que faz parzinho com Joe no filme todo. Em resumo, Super 8 tem tudo para se tornar um clássico, mesmo com a simplicidade do roteiro, embutida numa super produção típica de Spielberg. Tão cativante quanto E.T., ouso dizer que se não fosse pelas mãos do produtor, e dos grandes personagens fazendo os jovens, corria o risco de ser mais um Cloverfield que não ganham a atenção do público.

Anúncios

11 pensamentos sobre “Super 8 (2011)

  1. Me decepcionei um pouco com Super 8. Criei expectativas demais para o filme e acabei me desapontando. A história é bem simples e isso dá um ar mais descontraído à produção, as atuações estão ótimas e é inegável que é uma nostalgia para ET ou Os Goonies. Ainda assim, não fui com a cara desse novo filme produzido pelo Spielberg.
    Abraços!

    • Oi Gabriel! Curti bastante, justamente pela nostalgia. É a primeira vez que Abrams se junta com Spielberg e dá pra ver claramente que Abrams fez uma espécie de homenagem dos filmes juvenis dos anos 80,l que spielberg produziu e fez tanto sucesso.

      Simples, a história não é, embora não preencha possíveis lacunas. Mas, da forma que ela é explicada, com certeza traz lá sua simplicidade. Mas acredito que se fosse ao contrário, brigaria com a comicidade proposta pelo produtor.

      Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s