Como perder um homem em 10 dias (2003)

“Which woman? Andie or Princess Sophia?”

Breve nota: Sabe o vestido amarelo de Kate Hudson? É mais famoso que o vestido de bife de Lady Gaga…

Bom, vou lhes contar a real: Odeio comédias românticas. Todas elas tem clichês dos quais me irritam, histórias com dramaticidade forçada, e piadinhas sexistas sem graça. Como perder um Homem em 10 dias, eu assisti numa época em que eu tolerava melhor filmes desta categoria. E, acabou que eu revi ontem pela TV e lembrei de algo que deve também ser destacado aqui: Este filme se salva. Porque? Bom, porque ele consegue ser engraçado. Tem as mesmas patacoadas: Fugas pra pessoa X ir encontrar a pessoa Y que está partindo, e claro o famoso (também usada em letras de pagode): “era uma brincadeira e eu acabei me apaixonando”. Dois componentes essenciais pra eu me irritar com um filme de comédia romântica. Que bom que o terceiro elemento (que é o Ben Stiller) não aparece aqui…

Mas, enfim, o que me faz gostar desta comédia aqui é porque realmente tem cenas hilárias. Os diálogos são bons. E a história, apesar de se tratar da tão manjada aposta, tem um “quê”  de diferente. Isso porque ainda há algumas cenas improvisadas como a do álbum de casamento.

Ben (Matthew McConaughey) é um publicitário que aposta com o pessoal da empresa que consegue fazer uma mulher se apaixonar por ele em 10 dias. Andie (Kate Hudson) é uma jornalista que recebe a tarefa de escrever uma matéria sobre “como perder um homem em dez dias”. E é claro que os dois se cruzam e está feita a história.

Kate Hudson é de fato muito engraçada. As coisas que Andie, sua personagem, faz para aporrinhar Ben, são magníficas e a gente vê na realidade. Aqueles Mimimis de casais, palavras no diminutivo e mais um monte de excessos que a jornalista peca propositalmente para que Ben termine com ela. Este, por sua vez está empenhado na tarefa oposta. Mesmo passando muita raiva, tem que engolir a menina por mais alguns dias.

Quando os dois começam a se apaixonar, para deleite de todos, temos o contrapeso da história ficar menos engraçada. A descoberta de ambos sobre a verdade é bem montada, porém o comportamento deles na festa é ridículo. E sim, você também já viu nos filmes. A famosa bebedeira, um microfone, um palco e um auê. Mas, pra um filme de comédia romântica, não dá também pra esperar algo completamente diferente. Pra quem já gosta de filme assim, este é mais um para amar. Pra quem não gosta, este é um daqueles que se é pra recomendar algo do genêro, fica a dica então…

Anúncios

5 pensamentos sobre “Como perder um homem em 10 dias (2003)

  1. Não vou dizer que detesto comédias românticas. Há dias em que simplesmente quero ligar a tevê e colocar o DVD de um filme me deixe descontraído, que não arranque de mim mais do que algumas risadinhas. Se um filme desse gênero consegue administrar bem os seus chavões e ainda assim oferecer graça, charme e alguma originalidade para mim está tudo bem. Este foi o caso de “Como Perder Um Homem em 10 Dias”, filme que vi assim que chegou nas locadoras e que me divertiu bastante. Até comprei o DVD por um preço risível para rever em algum momento. Porém, o que realmente vale o filme é o carisma e química entre Kate Hudson e Matthew McConaughey. Eles estão muito bem.

    • Verdade, Victor! Vc resumiu bem, é um filme divertido. As demais comédias românticas nem isso conseguem ser, mesmo carregando o nome comédia no gênero, rs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s